Devo investir em um site responsivo ou em aplicativos?

investir em site responsivo aplicativos para corretores de imoveis

Somos inundados diariamente com informações sobre novos recursos, estratégias e equipamentos tecnológicos, e parece difícil acompanhar tanta inovação. No entanto, o mais importante é saber distinguir entre as novidades que vão realmente agregar valor ao seu trabalho de corretor de imóveis. Dentro desse quesito, um dos tema em voga ao qual você não pode deixar de estar atento, são os sites responsivos. Mas você sabe mesmo qual a diferença entre um site responsivo e um  tradicional?

Até outro dia, sites eram desenvolvidos tendo como alvo computadores e laptops. Seu processo de criação buscava a visualização otimizada em qualquer navegador, fosse este Internet Explorer, Mozilla Firefox ou Google Chrome. Outra preocupação marcante era garantir que a navegação acontecesse em condições em que a conexão com a internet não fosse lá grande coisa.

Só que, hoje em dia, boa parte dos seus clientes navega na internet via smartphones e tablets, principalmente quando busca por imóveis. Isso porque esse tipo de pesquisa acontece com bastante frequência durante o horário de almoço, no trânsito ou até mesmo durante um jantar em um restaurante. E se seu site não foi desenvolvido tendo isso em mente, é bem provável que seja muito difícil acessá-lo via dispositivos móveis. A consequência disso é perda de visitantes, e pior, de clientes, já que nada é mais frustrante do que não conseguir visualizar um site direito – você simplesmente clica no próximo site da lista.

Para que a navegação via smartphone e tablet aconteça com perfeição, layout, imagens, botões de navegação e outros detalhes, os sites precisam ser flexíveis, de forma que moldem-se de acordo com o que o aparelho precisa. E é a isso que se chama de um site responsivo, ou seja, aquele mesmo site tradicional que você já tem só que preparado para visualização otimizada em qualquer computador de mesa, laptop, smartphone, Smart Tv ou tablet, sem perda de funcionalidade.

Para saber se o seu site já é responsivo, basta acessá-lo em todos esses equipamentos citados – lembre-se de testá-lo em diferentes sistemas operacionais, como o Windows Phone, Android e iOS, e em diferentes tamanhos de telas. As imagens ficam distorcidas? É difícil navegar pelas páginas? Você precisa usar o zoom para clicar em botões de navegação? Se sim, chances são de que o seu site precisa passar por uma reconfiguração para atender à esta nova demanda.

Além de facilitar a vida de seu cliente, que poderá acessar seu site em qualquer lugar e a qualquer tempo, ter um site responsivo otimiza também a sua vida de corretor. A outra opção seria ter diferentes sites para cada plataforma, o que resultaria em um custo muito mais alto de desenvolvimento e de manutenção. Apesar de ser flexível quanto ao layout, o gerenciamento de conteúdo e monitoramento de dados do site responsivo é um só, por isso você irá atualizá-lo apenas uma vez e sem problemas. Este tipo de site também tem maior visibilidade nas ferramentas de busca, colocando seu negócio alguns degraus acima na busca do Google.

Agora que você entendeu porque seu site precisa ser responsivo, vamos diferenciar essa funcionalidade dos famosos aplicativos e comparar as vantagens dessas duas opções no próximo post do Corretor Tech.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *